Crise democrática e precarização do trabalho na pauta neoliberal

Visualizações: 60

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5281/zenodo.8356400

Resumo

Este artigo pretende expor relações entre democracia, neoliberalismo e precarização do trabalho, tomando como pressuposto que o neoliberalismo utiliza recursos políticos democráticos para sua manutenção e que práticas de capitalismo financeiro endossadas por estados democráticos resultaram em decisões políticas que ampliaram a precarização do trabalho e que têm oportunizado o avanço do autoritarismo no Brasil. Assim, fornece subsídios teóricos para a interpretação da democracia frente ao apoio à agenda neoliberal e subtração de conquistas históricas e garantias aos trabalhadores, elucidando que a pandemia agravou os cenários anteriores de fragilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dra. Raíssa Moreira Lima Mendes Musarra, PPGCS/UFPA

Raíssa Moreira Lima Mendes Musarra é gestora de projetos e pesquisadora do Instituto Norberto Bobbio. É pesquisadora do Programa de Aperfeiçoamento Docente da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Pós-doutora pelo Programa de Pós Graduação em Ciência Ambiental (PROCAM), vinculado ao Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo (IEE/USP), na linha Governança, Impacto e Modelagem Socioambiental. Advogada, atuou como Pesquisadora da Escola Superior de Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional São Paulo (ESAOAB/SP, entre 2020 e 2022). Pós-graduada em Direito Público com Mestrado em andamento no núcleo de Filosofia do Direito na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP. É Mestre em Ciências Sociais (Sociologia e Antropologia) pelo Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais PPGCSoc-UFMA (2011) e Doutora em Ciências Sociais - Sociologia pelo programa de Ciências Sociais da Universidade Federal do Pará - PPGCS-UFPA com estágio doutoral na Universidade de Paris, Villetaneuse - Paris XIII no Departamento "Sociologie/Droit". Desenvolve pesquisas sobre Ação Pública (Políticas Públicas), Tecnologias de Mitigação de Mudanças Climáticas, Transição Energética, Participação Pública e Meio Ambiente (Meio Ambiente Natural, Construído, Cultural e do Trabalho), Justiça Ambiental, Climática e da Energia e em Sociologia das Profissões, Sociologia do Direito e Métodos Empíricos em Pesquisas no Direito.

Dr. Erik Chiconelli Gomes, PPGHE/USP

Erik Chiconelli Gomes possui graduação em Ciências Sociais (Bacharelado) pela Universidade de São Paulo (2008), em Direito pela Universidade de São Paulo (2017) e em História (Bacharelado e Licenciatura) na Universidade de São Paulo (2020). Especialista em Economia do Trabalho (2016), IE-Unicamp e Especialista em Direito do Trabalho pela Universidade de São Paulo (2018). Mestre e Doutor em História Econômica, pelo Programa de Pós-Graduação em História Econômica da Universidade de São Paulo, pesquisando o tema da História da Justiça do Trabalho e Coordenador Acadêmico da Escola Superior de Advocacia da OAB/SP, coordenando as linhas de pesquisa: Direito, Inovação e Tecnologia; Perfil da Advocacia Paulista e Futuro da Advocacia. Tem experiência na área de Ciência Sociais, Direito e Economia do Trabalho, com ênfase em Teoria Política Contemporânea e História Econômica do Trabalho, atuando principalmente nos seguintes temas: pensamento político latino-americano, federalismo e reforma do estado, direito do trabalho, sindicalismo e subjetividades no mundo do trabalho.

Referências

ARENDT, Hannah. A Condição Humana. Trad. Roberto Raposo. 10ª Edição. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

ARRETCHE, Marta. Democracia e Redução da Desigualdade Econômica no Brasil: a inclusão dos outsiders. REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (ONLINE), v. 33, p. 1-23, 2018.

ARROW, Kenneth. Methodological individualism and social knowledge. The American Economic Review, volume 84, n. 2, Mai. 1994, p. 1/9. Disponível em: < http://www.jstor.org/discover/10.2307/2117792?uid=2&uid=4&sid=21104223811371>. Acesso em: 25 Set. 2014.

ARROW, Kenneth. Social Choice and Individual Values. New Haven, Yale University Press, 1963.

ARRUDA, José Jobson de Andrade. “Século XX”, em sua introdução sobre a crise do capitalismo liberal, 2003.

BRAGA, Ruy. A tempestade perfeita: Autoritarismo, trabalho e pandemia. DILEMAS: REVISTA DE ESTUDOS DE CONFLITO E CONTROLE SOCIAL, v. 13, p. 1-12, 2020.

BRAGA, Ruy. Rebeldia do Precariado: trabalho e neoliberalismo no Sul global. São Paulo: Boitempo, 2017

BRANDÃO, Assis (2006). "Bobbio na história das ideias democráticas". Lua Nova, n. 68, p. 123-145.

CAILLE, Alain. Nem holismo nem individualismo metodológicos: Marcel Mauss e o paradigma da dádiva. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, vol.13, n. 38, Out. 1998. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid =S0102-69091998000300001&lng=en&nrm=iso >. Acesso em: 18 jul. 2014.

CLARK, Gregory. A Farewell to Alms. A Brief Economic History of the World (2007). Introdução: “A História Econômica do Mundo em Dezesseis Páginas”.

DAHL. Robert A. Sobre a democracia. Tradução de Beatriz Sidou - Brasília: Editora Universidade de Brasília. 2001.

DALLARI, Pedro. Sobre a Ditadura militar no Brasil. REB. REVISTA DE ESTUDIOS BRASILEÑOS, VOLUMEN 2 - NÚMERO 3, 2015.

DIAMOND, Jared. “Armas, Germes e Aço”, 2003.

DIDIER JULIA. Dictionnaire de la philosophie - - LAROUSSE, 1984.

DOWBOR, Ladislau, 1941- A era do capital improdutivo: Por que oito famílias tem mais riqueza do que a metade da população do mundo? / Ladislau Dowbor. - São Paulo : Autonomia Literária, 2017.

DRAGOS Adascalitei; MORANO, Clemente Pignatti. Labour market reforms since the crisis: Drivers and consequences”. Acesso em: 01 dez. 2017.

FERREIRA, Paulo Sérgio Souza, em “A Gênese do novo imperialismo: 1875-1914”, 2015.

GILL, Richard. Introdução à microeconomia. São Paulo, Atlas, 1975.

GOMES, Erik; MUSARRA, Raíssa. PASQUALETO, Olívia. mimeo.

HARVEY, David. Política anticapitalista em tempos de COVID-19. In DAVIS, Mike, et al: Coronavírus e a luta de classes. Terra sem Amos: Brasil, 2020. 48p.

LIMA, Emília Agnes de Assis; PASSOS, Fábio Abreu dos. Em diálogo com as filosofias políticas de Hannah Arendt e Leo Strauss. Revista Estudos Filosóficos, São João del Rei, 2011, n. 6. Disponível em: < http://www.ufsj.edu.br/portal2-repositorio/File/revistaestudosfilosoficos/art2_rev6.pdf >. Acesso em: 16 jul. 2014.

LIMA, Ludmila Moreira. 'Não estamos todos no mesmo barco’: Pensando trabalho, precariedade e vulnerabilidade em tempos de pandemia. DILEMAS: REVISTA DE ESTUDOS DE CONFLITO E CONTROLE SOCIAL, v. 13, 2020.

LOACH, Ken. Você não estava aqui (Sorry we missed you). Direção de Ken Loach, 101' Ficção Reino Unido, França, Bélgica, 2019.

MANIN, Bernard. As Metamorfoses do Governo Representativo. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, Out./1995, v. 10, n. 29. Disponível em: < http://pt.scribd. com/doc/88080456/Manin-as-Metamorfoses-Do-Governo-Representativo-Parte-II >. Acesso em: 18 jul. 2014.

MASI, Domenico de. O Futuro do Trabalho, José Olympio, 2003.

MELLO, Maria Tereza Chaves de. A república consentida: cultura democrática e científica do final do Império. Rio de Janeiro: Editora FGV; Editora da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. 2007. 244p.

PAULANI. Leda Maria. Não há saída sem a reversão da financeirização. Estudos Avançados, V. 31 N. 89, 2017.

PERISSINOTTO, Renato M. Hannah Arendt, poder e a crítica da "tradição". São Paulo, Lua Nova, 2004. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script =sci_arttext &pid=S0102-64452004000100007&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 08/ago./2013.

RANCIÈRE, jacques. O ódio à democracia. São Paulo: Boitempo editorial, 2014.

RIOS, Olga del Carmen. Democracia representativa e participação popular: concepções, história e incidências nas políticas públicas - Entrevista Especial por Ilse Gomes Silva.

ROSSETTI, José Paschoal. Introdução à Economia. 6ª ed. São Paulo, Atlas, 1977.

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Do contrat social ou principes du droit politique. University College Cork, Ago. 2003. Disponível em: <http://www.ucc.ie/archive/hdsp/Literature_collection/Rousseau_contrat_fr.pdf>. Acesso em: 08 set. 2014.

SAES, Décio Azevedo Marques de. A questão da evolução da cidadania política no Brasil, Estudos Avançados. vol.15 no.42 São Paulo May/Aug. 2001.

SINGER, André. Autoritarismo furtivo. A Terra é Redonda, 13 de junho de 2020.

SINGER, Paul. Aprender Economia. 7ª Edição. Editora Brasiliense, 1983.

SILVA, Jonadabe Gondim. A democracia, o liberalismo e a esquerda: perspectivas e contradições. Revista de Políticas Públicas. v. 19, n. 2, 2015.

Downloads

Publicado

19.09.2023

Como Citar

Moreira Lima Mendes Musarra, D. R., & Chiconelli Gomes, D. E. (2023). Crise democrática e precarização do trabalho na pauta neoliberal. Revista Bindi: Cultura, Democracia E Direito, 2(N. 2), 136–160. https://doi.org/10.5281/zenodo.8356400